Caracterização do Fenómeno do (In)Sucesso Escolar: Nota metodológica

Na presente secção é caracterizada a evolução do fenómeno educativo na Lezíria do Tejo. Esta centra-se exclusivamente na evolução dos grandes indicadores educativos da região, cobrindo a capacidade instalada (rede de estabelecimentos), a descrição do corpo docente e não docente, do corpo discente e do (in)sucesso escolar.

Do ponto de vista temporal, é caracterizada a evolução dos diferentes indicadores em três momentos distintos: 2004/2005, 2010/2011 e 2016/2017. Esta opção permite: (a) verificar que evolução ocorreu desde o início do milénio até ao momento presente nos indicadores selecionados; (b) fazê-lo com base em séries estatísticas mais próximas dos anos de Censos (2001 e 2011); e (c) utilizar estimativas para anos mais recentes que existam estatísticas, permitindo, assim, fazer elações com base em dados o mais atualizados possível. Deste modo, sempre que disponíveis, os indicadores foram caracterizados para anos letivos mais recentes, nomeadamente 2017/2018 e 2018/2019.

Do ponto de vista demográfico, sempre que possível, foram comparados dados em três níveis de análise: nacional, intermunicipal (Lezíria do Tejo) e municipal.

Para esta análise de caráter educativo as principais fontes consultadas foram as bases de dados (e.g. plataforma BIME), e relatórios, da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC). 

Rede de Estabelecimentos
Pessoal Docente
Alunos Matriculados e Rácios aluno/professor em ETI
(Pré-)Escolarização
(In)Sucesso Escolar
Pessoal Não Docente